Para as famílias que estão acostumadas a viajar várias vezes para o mesmo destino, investir em uma casa de férias pode ser um bom negócio. Além de ter um local próprio para se hospedar, é também uma ótima oportunidade de investimento.

Com o objetivo de ajudar a decidir em qual tipo de propriedade aplicar, preparamos este post. Aqui, você verá as características de cada opção de imóveis para lazer e férias em família. Confira!

1. Casa de campo

Caso prefira deixar a agitação da cidade para curtir o campo, a dica é adquirir uma propriedade mais distante. Essa escolha, além de atender às suas expectativas, pode ser bem útil para um investimento. Isso porque pode ser alugada para outras famílias passarem temporadas e, ainda, trazer um possível retorno financeiro a partir de uma futura venda.

Para a locação, é importante que a residência esteja preservada e bem cuidada. Nesse ponto, é comum que muitas pessoas sintam dificuldade em manter uma segunda residência. Afinal, deixar o imóvel bem administrado requer disposição e gastos.

2. Imóvel na praia

Existem passos a serem seguidos antes de adquirir um imóvel na praia. Veja abaixo algumas dessas importantes etapas.

Pesquise o local

Antes de tudo, busque informações sobre a região litorânea para comprar a sua propriedade. Considere elementos importantes, como o fácil acesso às estradas, a mercados e farmácias. Procure saber também sobre a rotina do local, observando se tem grande movimentação ou excesso de barulho.

Escolha entre casa ou apartamento

Após a definição do local do imóvel, chegou o momento de escolher entre um apartamento ou uma casa. A decisão dependerá muito dos objetivos que você tenha para cada tipo de residência.

Caso queira receber muitos amigos e familiares, a ideia de ter uma casa é a ideal. Já, se sua maior preocupação for em relação à segurança da propriedade, o apartamento tem sua vantagem. Vale ainda lembrar que existem também as residências em condomínios fechados.

Levante todos os custos

Cuidado com a empolgação do momento para não esquecer de colocar todas as contas no papel. Existem muitos gastos para comprar um imóvel e são nesses detalhes que muitos compradores não reparam. Existem gastos com as despesas da negociação, como documentos e cartório, além de custos com a manutenção do empreendimento, condomínio e IPTU.

3. Imóvel fracionado

Indicamos, como mais uma opção para investir, a compra fracionada de imóveis. Já consolidado em outros países, esse tipo de negócio ainda é novidade no Brasil. Caldas Novas, em Goiás, é a cidade em que esse tipo de negócios mais acontece.

Esse sistema de empreendimento funciona com a compra de um imóvel feito por um grupo de pessoas. Todos têm o direito de usá-los de maneira revezada.

A divisão é feita pelas datas das diferentes temporadas. O uso para cada comprador é determinado por um calendário rotativo. Sendo assim, todos se beneficiam por igual e ainda desfrutam de vantagens importantes, como:

  • diminuição do custo das viagens;
  • divisão de despesas;
  • tranquilidade com as melhorias do imóvel;
  • transferência do bem para seus descendentes.

Como pode ver, ao adquirir uma casa de férias, a diversão da família estará garantida. Além disso, dependendo da escolha você ainda economiza com a compra e com custos de manutenção.

Agora que você já viu algumas opções de casa de férias para investir, entre em contato conosco. Queremos ajudar você e sua família a fazer um excelente negócio!